«Vocês sabem o que significa amar a humanidade? Significa apenas isto: estar satisfeito consigo mesmo. Quando alguém está satisfeito consigo mesmo, ama a humanidade. » Pirandello

sexta-feira, 2 de abril de 2010

E OS EMAILS VÃO CHEGANDO...

O Sr Ex-Administrador da PT, Dr. Rui Pedro Soares, tem o mérito(????) de ser sobrinho de Mário Soares!!!!... E viva o grande pai da democracia, que tais familiares de alto valor tem!!!* Pode levar tempo, mas acaba-se por saber ! Com 32 anos como super-vogal duma EP comum salario$$$$inho de 10.000,oo € + despesasde representação + etc e tal ...
Agora, que renunciou ao mandato após a divulgação das escutas do caso 'Face Oculta', vai receber da PT uma indemnização de 600 mil euros!!!Isto é o exemplo do país onde vivemos e onde tudo se faz impunemente. Em vez de ser obrigado a pagar uma indemnização ao povo português por gestão danosa de uma entidade pública, simplesmente decide afastar-se de forma confortável...


http://www.youtube.com/watch?v=p3hkHhCJWsE

Seria boa altura para repensar a situação política neste país de medrosos, agora que se aproxima mais um aniversário da Revolução.

DN 07/03/2010
José Penedos recebeu prémio de 244 mil euros da REN, apesar de já ter deixado a presidência da REN, José Penedos teve direito a prémio na empresa pública. O arguido no processo "Face Oculta" recebeu 243 750 euros de bónus no final do ano passado. A este valor soma-se ainda um salário de quase 27 mil euros por mês No total, a REN atribuiu quase 3,2 milhões de euros em salários e prémios aos seus administradores, quer executivos quer não executivos.Só em prémios, os gestores executivos receberam, na totalidade, mais de um milhão de euros.

Até quando vamos continuar a pagar a estes boys???

"Há 30 anos que desfilam as mesmas caras, se ouvem as mesmas vozes, se lêem as mesmas frases com monótona aridez. O País é domado por um grupo sem prestígio mas com poder".Baptista-Bastos, "Diário de Notícias", 29-04-2009


É preciso que se saiba "... que os portugueses comuns (os que têm trabalho) ganham pouco mais de metade (55%) do que se ganha na zona euro, enquanto os nossos gestores recebem, em média:
- mais 32% do que os americanos;
- mais 22,5% do que os franceses;
- mais 55 % do que os finlandeses;
- mais 56,5% do que os suecos"
(dados de Manuel António Pina, Jornal de Notícias)

Governo congela salários até 2013!
«O Diário Económico apurou que o PEC vai prever uma política de moderação salarial para a Função Pública até 2013, com metas definidas sobre o peso da factura com pessoal no total da despesa do Estado»

Ora cá vão uns salariozitos que vão entrar em "moderação" e não vão aumentar:
- Fernando Pinto: TAP, 420 000,00 €
- Faria de Oliveira: CGD, 371 000,00 €
- Henrique Granadeiro: PT, 365 000,00 €
- Vítor Constâncio: Banco Portugal, 249 448,00 €
- Guilherme Costa: RTP, 250 040,00 €
- Fernando Nogueira (este não é o ex-PSD que se encontra em Angola): ISP, Instituto dos Seguros de Portugal, 247 938,00 €
- Carlos Tavares: CMVM, 245 552,00 €
- Vítor Santos: ERSE, Entidade Reguladora da Energia, 233 857,00 €
- Amado da Silva (ex-chefe de gabinete de Sócrates): Anacom, Aut. Reg. da Com. Social, 224 000,00 €
- Mata da Costa: presidente CTT, 200 200,00 €
- José Plácido Reis: Parpública, 134 197,00 €
- Guilhermino Rodrigues: ANA, 133 000,00 €
- Pedro Serra: AdP, 126 686,00 €
- António Oliveira Fonseca: Metro do Porto, 96 507,00 €
- Afonso Camões: Lusa, 89 299,00 €
- Luís Pardal: Refer, 66 536,00 €
- Joaquim Reis: Metro de Lisboa, 66 536,00 €
- José Manuel Rodrigues: Carris, 58 865,00 €
- Fernanda Meneses: STCP, 58 859,00 €
- Cardoso dos Reis: CP, 69 110,00 €

Fonte: Jornal SOL de 22/01/2010
E ainda faltam as Estradas de Portugal, EDP, Brisa, Petrogal, todas as outras reguladoras e observatórios...Enfim é um fartar, de vilanagem!!! E pedem contenção e moderação!!!!
Imaginem o que é pagar um subsídio de férias ou de Natal a estes senhores:
''Tome lá meu caro amigo 350 000 euros para passar férias ou fazer compras de Natal''.E pagar-lhes esta reforma... É no mínimo imoral e no máximo corrupção à sombra da lei...
Até porque estes cargos não são para técnicos, mas são de nomeação política.
É isto que lhes retira toda e qualquer credibilidade junto do povo e dos quadros técnicos. E estamos á espera de quê para exigir moralidade na distribuição das responsabilidades que cabem a cada um dos portugueses para "endireitar" as nossas finanças? Isto assim não pode continuar, porque o mais certo é dar para o torto, e lá se vai a "nossa querida democracia".

2 comentários:

elisabete disse...

Ó mana andas muito cuscas a pôr a vida ao sol de pessoas "tão dignas".Não se faz isso!
Beijinho com muitas amendoas.

Cildemer disse...

É tudo vampiros. Tanto por aí como por aqui em França!
E o povo que já parece anestesiado!

***
Uma feliz pascoa*******